Os Principais Comandos no Prompt do Windows

Neste post, veremos os comandos principais do Prompt para lidar com diretórios, arquivos e variáveis de ambiente no Windows.

As linhas de comando são bastante utilizadas para automação, pois podem ser controladas facilmente através de scripts, ou seja, outras ferramentas. Isso permite, entre outras coisas, ensinarmos as máquinas a fazerem vários passos automaticamente, e muito mais rápido do que a gente consegue com o mouse em mãos.

Abrir o Prompt de Comando

O primeiro passo é abrir um terminal (ou console). No mundo Windows, este terminal se chama Prompt de comando ou cmd. Uma forma de abrir o Prompt é clicar no Botão Iniciar e no campo de pesquisa digitar Prompt ou cmd.

Abrir o Prompt de comandos do Windows através do menu iniciar. Prompt de comando, console, cmd do Windows.

A partir dessa tela, podemos interagir com o sistema operacional escrevendo comandos! Vamos ver como navegar entre pastas, criar novas pastas, ler, executar, copiar e mover arquivos.

O termo Prompt se refere ao sinal >

Lembrando: o Prompt também é chamado de cmd, terminal ou console. Todos estes são sinônimos nesse contexto.

No mundo do desenvolvimento, qualquer nova tecnologia que você aprende começa sempre com o clássico "Oi Mundo" para dar um boas vindas. Aqui não será diferente! Com o terminal aberto, digite:

echo Oi Mundo!
echo Prompt de comando do Windows.

Você já deve saber o que o comando echo faz. Sim, imprime no terminal, mas ainda não é muito útil para a gente. Veremos daqui a pouco.

Listando Arquivos

Ao abrir o Prompt, ele automaticamente inicia na sua pasta pessoal. Repare que, antes do cursor, aparece o caminho da pasta atual seguido pelo Prompt (>), que aqui é:

C:\Users\airton.k>_

O C: é a partição principal nesse computador. Pode ser que você tenha outras instaladas como o D:, mas o Prompt sempre começa no C:, seguido pela pasta Users e a subpasta com o nome do usuário. A contra barra \ é o sinal separador de diretórios na linha de comando.

Já que o Prompt está pedindo que a gente execute algo, vamos listar todos os arquivos através do comando dir. Escreva no Prompt:

dir
Comando dir console do Windows.

Recebemos uma lista dos arquivos e pastas existentes. Então através do dir sempre sabemos o que se encontra na pasta atual do Prompt.

Podemos também listar o conteúdo de uma pasta que não seja a atual, colocando dir na frente do caminho da pasta.

dir C:\Users\airton.k\Imagens
dir em caminho de pasta no terminal do Windows.

Conforme o esperado, listou o conteúdo da pasta Imagens e dentro dela há duas pastas, uma chamada Saved Pictures e outra Camera Roll.

Navegando entre Diretórios

Vimos o comando dir, que mostra todo o conteúdo da pasta atual. Vamos entrar em uma subpasta e, na sequência, re-executar o comando. Podemos mudar de pasta com o comando cd (change directory) seguido do nome da subpasta:

cd Documents

Depois, liste novamente:

dir.
dir pasta atual cmd do Windows.

Ou, mais fácil ainda:

dir
cd - change directory - navegar entre pastas no Prompt do Windows.

Podemos ordenar a saída do comando dir através do /O que possui mais parâmetros para definir qual ordem queremos, por exemplo:

Ordenando pelo tamanho (S-Size):

dir /O:S

Por data (D-Date):

dir /O:D

Por nome (N-Name):

dir /O:N

Existem outras possibilidades, e elas podem ser exploradas no terminal digitando help e o nome do comando, por exemplo:

help dir

Ao executar dir nós vemos duas coisas estranhas. Tem um diretório que se chama ponto . e outro, ponto-ponto ... O que isso significa?

Bom, o ponto se refere ao diretório atual onde estamos e o ponto-ponto a um nível acima.

Por exemplo: podemos mudar para um diretório acima do que estamos, através do comando cd ...

Imagem mostra cd espaço dois pontos, navegar para uma pasta acima da atual no terminal do Windows.

Com o dir .. também funciona. Nesse caso, lista o conteúdo da pasta Users;

Imagem mostra aplicação do comando dir, espaço, dois pontos, que lista conteúdo de pasta a um nível acima da atual no console do Windows.

Listando a árvore de diretórios com o comando tree, fica mais claro.

Comando tree, exibe árvore de subpastas no Prompt do Windows.

Criando diretórios

Voltando para a pasta do seu usuário, será que a gente também pode criar novos diretórios nela? A resposta é sim e o comando que faz isso se chama mkdir (make directory). Vamos criar uma nova pasta com o nome de código:

mkdir codigo

Ao listar através do dir, a pasta está lá

Comando mkdir, para criar diretórios pelo cmd do Windows.

Será que podemos entrar nessa pasta? Lógico! E você já sabe o comando: cd codigo.

Tudo bem até aqui? Agora tente executar dir... O resultado deve ser familiar para você, o comando deve listar o conteúdo do diretório logo a cima!

Importante: evite acentos e espaços nos nomes de arquivos e diretórios. Muitas ferramentas de desenvolvimento não se dão bem com esses caracteres. Por exemplo, o Django do mundo Python gera vários problemas e dificulta demais o trabalho. Evite isso o máximo possível!

Uma opção é utilizar o caractere _ ao invés do espaço na hora de dar nomes para diretórios. Digite no terminal:

mkdir codigo_java

Removendo diretórios

Vamos remover a pasta codigo_java e criar uma chamada java somente. Para remover uma pasta existe o comando rmdir:

rmdir codigo_java
Comando rmdir, para remover diretórios pelo cmd do Windows.

E, para criar a nova pasta...

mkdir java
Comando mkdir, para criar diretórios pelo console do Windows.

Limpando o terminal

Com o tempo, o terminal vai ficando poluído com comandos antigos, que tiram o foco e dificultam a legibilidade. Por isso, existe um comando para limpar a tela que se chama cls (clear screen). Vamos testar:

cls

Ótimo, melhor continuar com tela a limpa!

Trabalhando com arquivos

Já podemos criar, apagar e navegar entre pastas na linha de comando. Isso já ajuda muito, no entanto, também é preciso saber lidar com arquivos. Claro que nada substitui um editor de texto de verdade, mas, em alguns casos, ajuda muito saber manipular arquivos na linha de comando.

Vamos criar um arquivo rapidinho. Você se lembra do comando echo? Vamos testá-lo:

echo Oi Mundo > saida.txt

O que isso faz?? Calma, o comando echo você já conhece, mas, e o resto? Talvez você reparou que não apareceu nenhuma saída no terminal! Toda ela foi gravada no arquivo saida.txt. Então o caractere > pega a saída de um comando e a grava no arquivo indicado (ou repassa para outro comando). Digite dir para ver o arquivo recém-criado:

Terminal do Windows com o comando echo seguido do Prompt para gravar o conteúdo em um arquivo de saída ou enviá-lo a outra rotina.

Deve aparecer o arquivo saida.txt. Mas como posso ver o conteúdo dele? Fechar o terminal e abrir um editor de texto não vale :) Claro que há um comando para isso, e ele se chama type, então digite:

type saida.txt
Console do Windows com o comando type que imprime o conteúdo de arquivos

Vamos testar novamente mas, antes disso, vamos limpar nosso terminal (cls).

Primeiro apagaremos o arquivo antigo, o comando que faz isso se chama del:

del saida.txt
Deletando arquivos no terminal do Windows com o comando del

E agora vamos criar um arquivo novo, mais uma vez usando o comando echo para imprimir o nosso texto e o > para salvá-lo em um arquivo:

echo Olá leitor, como vai? > saida.txt

E usando o type para mostrar o conteúdo do arquivo...

type saida.txt
Criando e mostrando um arquivo no cmd do Windows

Movendo e copiando arquivos

Gostamos tanto do nosso arquivo que queremos criar uma cópia. Isso é muito fácil de se fazer, e eu acho até mais fácil do que usando o mouse.

copy saida.txt saida2.txt

Ótimo, o comando copy gera então uma cópia do arquivo. Vamos verificar o conteúdo desse arquivo:

type saida2.txt
Criando uma cópia de um arquivo no terminal do Windows com o comando copy

Ok beleza, funcionou como esperado, mas eu não gostei do nome. Ainda bem que podemos renomear facilmente o arquivo:

rename saida2.txt mensagem.txt

O comando rename altera o nome dos arquivos! Aliás, esse comando não só serve para arquivos como também para pastas. A mesma regra se aplica ao comando move que move um arquivo ou pasta para outro lugar, por exemplo:

move mensagem.txt..

Nesse comando, movemos o arquivo mensagem.txt um diretório a cima, indicado pelo ...

Ir para o topo