Instalar Programas no Linux com o Gerenciador de Pacotes apt

Instalando Programas: apt-get

Se tratando de instalação de programas, o Linux nos disponibiliza um sistema de gerenciamento de pacotes chamado apt.

Atualizar Repositórios do apt

Antes de instalar qualquer programa, posso falar para o sistema o seguinte: atualiza a central de repositórios do apt com os pacotes mais atuais porque estou prestes a instalar um programa. A linguagem para que ele entenda isso é a seguinte:

sudo apt-get update

Para atualizar todo o sistema, todas as versões dos pacotes que já estão instalados, utilizamos o comando sudo apt-get upgrade.

Pesquisar por Programas

Vamos dizer hipoteticamente que estamos precisando instalar o MySQL, que é um sistema de gerenciamento de banco de dados.

Nesse gerenciador de pacotes, que é o apt, pesquisamos por programas utilizando o comando apt-cache search conforme mostrado abaixo.

apt-cache search mysql-server
Pesquisar por programas no gerenciador de pacotes apt.

A opção show do comando apt-cache, mostra informações sobre um determinado pacote. A sintaxe é apt-cache show nome-do-pacote.

Instalar Pacotes

Vou instalar o pacote mysql-server-5.7, que contém a versão padrão com os binários e as configurações de sistema. O comando para instalar programas é o apt-get install mas como é uma tarefa de administrador, preciso utilizar o sudo.

sudo apt-get install mysql-server-5.7
Instalar programa no gerenciador de pacotes apt.

A instalação terminou. Aparentemente está tudo ok. Vamos ver se o MySQL foi instalado mesmo.

Logando no MySQL.

Maravilha!! Digitando mysql -u root -p e informando a senha, que no caso é só pressionar Enter pois não tem senha, acabei de me logar no MySQL.

Desinstalar Pacotes

Por último, agora também vamos aprender a desinstalar pacotes. O comando é apt-get remove, acrescentando-se sudo e o nome do pacote.

Para desinstalar o MySQL por exemplo fazemos: sudo apt-get remove mysql-server-5.7.

E agora ao tentar logar no MySQL, não temos mais sucesso.

Falha ao logar no MySQL.
Ir para o topo